Só queria que você soubesse…

Oi amor. Tudo bem?

Como é que está o seu dia? Tá tudo bem no trabalho? O chefe parou de implicar com você? E a faculdade? Como andam suas notas? Tá gostando do que anda aprendendo?

Vem cá… Me conta sobre como vai sua vida. Me fala mais dos teus dias. Me conta como tava ontem o papo no bar, depois da aula. Deram bastante risadas? Foi divertido? Conseguiu esvaziar a cabeça um pouco?

Ei, hoje, quando encontrar comigo, pode me prometer uma coisa? Abre aquele sorriso pra mim (aquele de quem sente saudade) e me dá um abraço apertado? Igual você fazia lá no começo, lembra?

Pergunta sobre o meu dia, sobre a minha vida, sobre como anda a faculdade, sobre os meus amigos… Se interessa por mim. Mas não só pela pele, não só pelo meu sexo… Se interessa pelo meu interior hoje, pode ser?

Fala que eu tô linda, que eu sou a mulher da sua vida e que você tava com saudade de mim. Deita comigo e me dá carinho. Divaga comigo pelos meus assuntos, enquanto eu sinto seu cheiro, aninhada em seu peito.

Fica orgulhoso das minhas conquistas. Comemora elas comigo. Se orgulha da mulher que você tem. Me manda vestir aquele vestido sexy, passar um batom vermelho e colocar o meu salto novo, que hoje você vai sair pra jantar comigo e quer que todos vejam a mulher que você tem do seu lado.

Sabe… Tô com saudade da gente. Daquilo que fomos. Daquilo que queria que fôssemos. Daquilo que sempre sonhei que seríamos. Tô com saudade da época em que eu te conhecia, sabia da sua vida, dos seus anseios. Tô com saudade de quando eu podia ser eu e podia falar com você sobre tudo. Saudade de quando você era meu melhor amigo, além de meu namorado.

Onde foi que nos perdemos? Onde foi que deixamos de nos conhecer? Onde foi que viramos completos estranhos que apenas dormem juntos na mesma cama?

Só queria que você soubesse que eu tô aqui. Pronta pra ser sua e pra você ser meu. Só queria que você soubesse, que a hora que você quiser ser meu melhor amigo de novo (e deixar de ser meu juiz), eu tô aqui pronta pra contar sobre a minha vida e tudo que vêm acontecendo comigo. Sobre as amigas novas do trabalho e como me aproximei delas, as pessoas legais que comecei a conversar na faculdade, sobre como me machuca aquela amiga de sempre simplesmente não conseguir ficar feliz por mim e a falta que eu sinto daquela outra amiga de sempre que eu não vejo mais tanto. Ah… Lembra daquela amiga da faculdade que se afastou? Nós conversamos outro dia… Me deu uma paz. Ela tá bem, tá namorando e tá feliz.
Tô pronta pra te contar sobre como esse estágio da faculdade me enriqueceu, sobre algumas feridas que se abriram aqui no peito e te explicar porque que eu choro baixinho as vezes depois que você dorme.

Enfim… Eu só queria que você soubesse…

Um beijo amor… E que seu dia seja luz.
Te amo, tá?